Tenha esperanças, apesar da Covid-19!

Motivos para ter esperança

Sim, devemos ter esperança!

A pandemia provocada pelo novo coronavírus trouxe muitas incertezas para o nosso dia a dia, transformando nossa rotina.

De fato, estamos diante de um fato muito complexo e diferente de tudo o que já vivenciamos nesta encarnação. É preciso, sim, usarmos as informações pautadas na ciência e no bom senso para preservar nossa integridade física e lembrar que nossas atitudes afetam o próximo – o que aumenta a responsabilidade de nossa ações.

Mas isso não significa que devemos deixar o pessimismo tomar conta e impedir que haja fé no futuro. Por isso listamos 7 razões para ter esperanças, apesar da Covid-19!

1. A Covid-19 começa a ser controlada em alguns países

Ainda há um longo caminho a ser percorrido em relação à cura dessa doença altamente contagiosa e ainda pouco conhecida pelos médicos e cientistas. Mas alguns países, após terem cumprido todos os requisitos necessários para a contenção do problema, já atravessaram o pico da doença e começam a sair da quarentena – tudo de modo planejado e sem colocar em riscos a sua população.

É o caso da Alemanha e Dinamarca, por exemplo. Outros locais também começam a liberar, ordenadamente e com regras rígidas, horários para passeios ou banhos de sol.

2. Temos mais informações sobre o  novo coronavírus

O novo coronavírus pegou quase todo mundo de surpresa. Quase mesmo, afinal, alguns cientistas alertavam para o perigo de surgir um vírus novo e muito perigoso, proveniente de mercado de alimentação pouco convencional.

Contudo, graças a um esforço conjunto para coletar dados e compartilhar informações,o mundo científico já sabe muito mais sobre a doença, o que ajudará em métodos mais eficientes para o combate e tratamento e, até mesmo, para o desenvolvimento de uma vacina.

Isso não significa que tenhamos todos os cuidados já conhecidos para prevenção, mas já é uma pequena  conquista e motivo de esperanças, apesar da Covid-19!

3. Reconhecemos as vulnerabilidades e podemos amenizá-las

Uma  consequência das informações sobre o vírus é reconhecer as vulnerabilidades e buscar meios de amenizá-las em benefício individual e coletivo. Cada dia temos novas orientações sobre riscos, forma de contágio, cuidados que diminuem a exposição, etc – veja artigo sobre epidemia de cólera, citado por Allan Kardec na Revista Espírita.

É o caso da higienização e uso de máscaras, por exemplo, que já entraram para nossa rotina de proteção.

4. (re) Aprendemos que estamos todos ligados

Se tem algo que o coronavírus reforçou, foi o fato de estarmos todos “no mesmo barco”. Somos parte de um todo, onde cada atitude interfere na coletividade.

Mas o grande motivo para esperanças, apesar da Covid-19, foi a demonstração de que é possível nos unirmos em benefício de todos, tendo especial cuidados com aqueles que encontram-se em situação de maior fragilidade.

E isso pode ser visto nas ações solidárias que ocorrem mundo afora, no distanciamento dos entes queridos para evitar que sejam contaminados (especialmente pessoas que fazem parte do grupo de risco) e, também, na saudade que demonstra o valor de estar junto de quem nos é especial – seja na família ou grupos de amigos, como um Centro Espírita.

Essa certeza torna a caminhada e o aprendizado mais suaves!

5. Temos o avanço da ciência e tecnologia

O ser humano nunca esteve tão adiantado em termos de ciência e recursos tecnológicos e, claro, isso é motivo para ter esperanças, apesar  da Covid-19 o que significa que temos os melhores recursos possíveis para o enfrentamento à doença.

E, graças à internet, podemos manter contato com as pessoas de nosso relacionamento e, em muitos casos, continuar trabalhando evitando uma paralisação total da economia – já pensou como seria sem essa possibilidade?

6. Sentimos falta de estar perto

Na correria diária, o ser humano estava muito ligado no mundo virtual, muitas vezes, esquecendo o real. O novo coronavírus veio resgatar o desejo de estar junto, abraçar e desfrutar momentos “ao vivo e a cores”. E isso propõe uma reflexão muito profunda que dará a oportunidade de valorizarmos, ainda mais, nossos relacionamentos.

7. Temos os ensinamentos Espíritas

Uma das frases mais escutadas ultimamente é que está surgindo uma nova normalidade para todos. Essa pandemia provocará muitas mudanças importantes e positivas em nossa sociedade, o que está totalmente condizente com a Lei do Progresso. Aliás, a Doutrina Espírita é um motivo muito forte para mantemos a fé, já que os ensinamentos espíritas ajudam a superar dificuldades.

 

Estamos vivendo um momento complexo, duro, mas que nos proporciona reflexões interessantes – e importantes. E isso já é motivo de esperanças, apesar da Covid-19. Vamos prosseguir com tranquilidade e fé, fazendo nossa parte e doando nossas melhores vibrações para que tudo passe o mais rápido possível. Tudo passa, afinal!

Acompanhe nosso blog e acesse conteúdos que ajudarão a dar um up em sua esperança – como nossas dicas de filmes para ver em família durante a quarentena.

Deixe uma resposta