Efeitos psicológicos da pandemia

Quais os efeitos da psicológicos da pandemia? Como ter maior equilíbrio para ultrapassar essa fase complexa que estamos vivendo?

Para responder estas e outras perguntas, convidamos dois experientes psicólogos: Juliana Pieroni e Luiz Fernando A. Penteado para falarem dos principais distúrbios psicológicos gerado pela situação que estamos vivendo.  Bem como como preveni-los.

Acompanhe um resumo das duas exposições!

Distúrbios psicológicos da pandemia

Principais distúrbios psicológicos provocados pela pandemia

Juliana Pioroni, Psicóloga e Professora, abordou alguns dos principais efeitos psicológicos da pandemia, com o tema “Principais distúrbios psicológicos provocados pela pandemia“.

Assim, ela destacou a ansiedade, depressão e o esgotamento mental como as principais dificuldades enfrentadas pelas pessoas nesse momento de isolamento social e luta contra a Covid-19.

Após explicar as principais características de cada um desses distúrbios, ela informou que o Brasil já era o país com maior número de ansiosos em todo o planeta. Contudo, esse número aumentou na pandemia.

Além disso, nos últimos 10 anos, a depressão cresceu 18% no Brasil, o que coloca nosso país em primeiro lugar nesse distúrbio na América Latina.

A psicóloga sugere que possamos refletir sobre o que nos deixa estressados ou ansiosos, se guardamos mágoa e, também, porque isso ocorre!

Precisamos nos conhecer para entender o que sentimos. E, ainda, para driblar os efeitos psicológicos da pandemia devemos fazer um exercício da gratidão diariamente. Algo simples: pensar em pelo menos em 3 motivos de agradecer a Deus, o que nos ajuda a superar as dificuldades.

Outro ponto importante quando algo nos incomoda é avaliar: o que podemos fazer em relação a isso? O que está sob nosso controle, vamos tentar mudar/solucionar. O que não depende de nós, não adianta estressar, mas sim aceitar da melhor forma possível, procurando aprender com o processo.

Por fim, como dica para enfrentar da melhor forma possível os efeitos psicológicos da pandemia, Juliana citou a importância de distrairmos a mente com boa leitura, filmes e outros itens positivos.

Prevenindo o desequilíbrio psicológico em tempos de isolamento social

O segundo tema dos efeitos psicológicos da pandemia foi “Prevenindo o desequilíbrio psicológico em tempos de isolamento social“. Coube ao experiente psicólogo Luiz Fernando A. Penteado a abordagem, lembrando que vivemos um período complexo, que afeta a nós mesmos, nossa família e às pessoas à nossa volta.

Quando ocorre uma situação crítica, como doença e desencarne, por exemplo, o nível de desequilíbrio acaba sendo ainda maior. Por isso, é muito importante estarmos atentos para, na medida do possível, ajudar quem precisar de nosso apoio.

Penteado reforçou que a pandemia trouxe para todos nós um “convite para estendermos nossas mãos para ajudarmos uns aos outros, tanto em casa, como fora dela“, disse ele, enfatizando como é essencial a prática da empatia.

Também é um importante momento de nos conhecermos melhor, verificando o que há em nós que precisa e pode ser mudado.

Segundo ele, estar em casa consigo mesmo é um grande exercício. Olhar para dentro de si, se conhecer, se gostar de verdade. Ou seja, os efeitos psicológicos da pandemia podem ser amenizados com essa prática e, ainda, com as dicas a seguir.

A primeira dica para manter o equilíbrio é simples: aproveitar o tempo de isolamento social para arrumar armários.

Segundo Luiz Fernando,  tirar o que não nos serve mais, passando para frente, fazendo com que chegue a quem realmente precisa. Assim, colaboramos para amenizar os problemas materiais, algo que fará bem a quem recebe e a quem colabora.

Outra dica para prevenir os efeitos psicológicos da pandemia é não se deixar levar pelo negativo, mantendo o interior equilibrado e fazer o que é preciso para manter a saúde física e psicológica. Em outras palavras, mantenha a esperança!

Enfim, prevenir é também interagir, trabalhar junto, aprender e crescer ao lado das pessoas queridas.

Ao final da exposição, Penteado fez um exercício de relaxamento que vale a pena ser praticado.

 

Se você gostou das dicas desses dois grande profissionais da psicologia para prevenir o efeitos da psicológicos da pandemia, sugerimos que acesse os vídeos com a íntegra dessas duas Lives em nosso canal do YouTube. Clique e assista a esses e outros vídeos com temas espíritas:

ASSISTIR AOS VÍDEOS

 

 

 

Deixe uma resposta