Novo Coronavírus: o que o Espiritismo nos ensina

O novo coronavírus à luz do Espiritismo.

O ano de 2020 surpreendeu a todos ao revelar um inimigo invisível e poderoso: o novo coronavírus. Impondo o isolamento social, a Covid-19 mudou a rotina das pessoas pelo mundo.

Até mesmo as atividades do Gabi (Centro Espírita Gabriel Ferreira, localizado na zona norte de São Paulo) foram afetadas, uma vez que as reuniões e demais ações presencias foram interrompidas, seguindo as orientações de órgãos de saúde do Brasil e do mundo, como forma de evitar a disseminação da pandemia.

Neste artigo vamos buscar na Codificação da Doutrina Espírita explicações sobre o novo coronavírus e, ainda, apresentaremos a solução adotada pelo Gabi para continuar divulgando e estudando o Espiritismo durante o período de distanciamento social – o Encontro Virtual com o Gabi, cujo primeiro tema apresentado você conhece a seguir.

Coronavírus: um inimigo invisível

A ciência nos explica que o novo coronavírus é uma doença infecciosa que gera uma doença respiratória semelhante  à gripe e tem sintomas como tosse, febre, entre outros.

Sua principal forma de transmissão é por contato com outra pessoa infectada, sendo que idosos e portadores de doenças crônicas correm maiores riscos. A proteção se dá, principalmente, com higiene adequada e isolamento social.

Apesar da surpresa causada pela força da pandemia, o coronavírus pertence a uma família de vírus conhecida do ser humano e que normalmente causa apenas uma gripe leve. Sua letalidade, porém, passou a ser muito grande após a evolução que culminou na Covid-19.

O surgimento e evolução de um vírus é algo natural, tanto que cientistas americanos já haviam alertado para os perigos de uma pandemia provocada pelas praças de alimentação com comidas exóticas e sem higiene adequada.

Encontro Virtual com o Gabi

Para superar o isolamento social imposto pela COVID-19, foi criado o “Encontro Virtual com o Gabi”.

Covid-19 e o Espiritismo

Mas como a Doutrina Espírita nos explica a pandemia global do novo coronavírus? Em O Livro dos Espíritos (Livro Terceiro – Capítulo 6), a Lei da Destruição nos ajuda a compreender, conforme podemos notar nas questões abaixo selecionadas.

Na questão 728 da obra já referida, entendemos que a destruição é uma lei da Natureza, sendo necessária para que haja o equilíbrio entre a evolução intelectual e moral do ser humano. Já na resposta à pergunta 737, os Espíritos explicam que os flagelos destruidores permitem que a humanidade progrida mais rapidamente.

Mas Deus não poderia levar o ser humano a evoluir de outras formas, sem passar por esse tipo de sofrimento? Essa foi a pergunta (738) feita por Kardec, recebendo o esclarecimento de que todos os dias Deus nos dá meio de progredir pelo conhecimento do bem e do mal, mas, infelizmente, nem sempre  sabemos aproveitar essas oportunidades, sendo preciso passarmos por dificuldades para que possamos rever conceitos e atitudes.

No próximo questionamento (738-A), o Codificador lembra que, em situações como a provocada pela COVID-19, muitas pessoas boas desencarnam também. Porém, os Espíritos superiores lembram que o sofrimento físico representa um ensino valoroso para o Espírito imortal – o general se preocupa com seus soldados e não com os uniformes estragados, dizem eles.

 

Encontro Virtual com Gabi

Usando aplicativo para conferência virtual, o Gabi realizou estudo sobre o novo Coronavírus.

Aprendendo com o novo coronavírus

É inegável que o novo coronavírus alterou a rotina, assustando a população do planeta – de todas as classes sociais.

É preciso tomar todos os cuidados indicados pelos especialistas e, ao mesmo tempo, aproveitar para aprender com essa difícil experiência que, como vimos, faz parte do aprendizado espiritual da humanidade.

Entre os pontos positivos gerados pela Covid-19, destacamos:

  • A onda de solidariedade ao redor do planeta;
  • O distanciamento social diminui a poluição nos grandes centros, diminuiu o trânsito e vem mostrando os benefícios do home office – algo que pode ser aproveitado após passar a pandemia, gerando maior qualidade de vida às pessoas;
  • O tempo economizado com deslocamento para trabalho, pode ser usados para tarefas como atividade física, lazer ou estudo;
  • Muitas vezes banalizado, o mundo digital tem sido usado para sobrevivência física e emocional;
  • A valorização da presença física de quem é importante em nossa vida.

 

A pandemia gerada pelo novo coronavírus afetou a vida de todas as pessoas, mas a Doutrina Espírita nos oferece informações para o aprendizado proporcionado por essa situação. Se você deseja refletir sobre os acontecimentos da vida à luz da Codificação Espírita, acompanhe os conteúdos de nosso blog! Entre eles destacamos:
Porque o Espiritismo ajuda a superar dificuldades
Sorria: você está vivendo e aprendendo

 

 

Deixe uma resposta