O Gabi, para mim, é…

O Gabi para mim é...

A comemoração dos 72 anos do Gabi, em 10 de agosto de 2020, foi virtual, mas nem por isso foi menos emocionante e alegre.

Na Live do Gabi, os participantes foram convidados a completar a seguinte frase: O Gabi, para mim, é… cada um falando com suas próprias palavras externou o amor pela Casa que foi citada como sendo espaço de aprendizado, de prática amorosa, de convivência entre amigos, uma grande família mesmo!

Também foi destacada a seriedade que a Casa tem com a base doutrinária, sempre pautando todas as suas atividades nas obras da Codificação Espírita, isso para público de todas as idades. Tanto que os Educandos do Departamento de Infância e Mocidade (DIM), fizeram questão de enviar as congratulações, como Gabriel (12 anos): “Parabéns Gabi. Muitas felicidades e parabéns pelos 72 anos. Não é pra qualquer um chegar a esse tempo de existência. Que tenha muitos mais anos chegando – aos 80,90,100,110 e assim por diante…

Participante da comemoração, Sidnei Batista, da Use Pinheiros também fez questão de deixar seus votos de aniversário ao Gabi, conforme segue:

Dizer o que o Centro Espírita Gabriel Ferreira, o querido Gabi, representa para mim, um agregado vindo dos confins da zona oeste, parece tarefa fácil. Parece, porque não é. Não é, exatamente porque o Gabi ultrapassa todos os limites do conceito que se supõe um centro espírita. Ele vai muito além, muito além. Muito mais que uma casa espírita, o Gabi é um lar, é amizade, é abraço, beijos, enfim é família que recebe a todos de coração e braços abertos. É o lar onde se tem liberdade para exprimir pensamento sem o temor do policiamento de censura, dentro do devido respeito à opinião e crença alheia. E, sobretudo, onde eu encontrei amigos legais, uma família que transpira Espiritismo na melhor expressão, orientado sempre pela bússola da razão científico-filosófica inspirada por Kardec. Ao querido Gabi minha homenagem pelos 92 anos, que você continue semeando luzes por muito, muito tempo. Parabéns Gabi!”

Muitos citaram o fato de terem encontrado no Gabi, apoio para momentos difíceis e motivos para comemorar as alegrias trazidas pela vida.

Assim sendo, de modo singelo, e ouvindo todos os participantes, a comemoração dos 72 anos do Gabi foi muito feliz e, ainda que não tenha tido o costumeiro abraço e a tradicional comemoração em nossa sede – que terá que aguardar momento oportuno – foi muito bom perceber que a Família Gabi permanece unida!

Se você quer compartilhar seu depoimento em relação ao Gabi, deixe aqui no comentário!

Deixe uma resposta