Como as crianças e adolescentes lidam com o distanciamento social

Crianças X Isolamento Social

Durante o isolamento social, dê atenção especial aos menores.

A pandemia provocada pelo novo coronavírus vem exigindo adequações na rotina, em função do distanciamento social. Nesse cenário, é preciso cuidados especiais com os mais novos, que não estão indo para a escola e têm que ficar em casa – muitas vezes em espaços reduzidos.

Buscamos apoio na Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) para oferecer algumas dicas que vão tornar ajudar a enfrentar os dias atuais – todas as dicas são baseadas em pesquisas das Neurociências e em publicações científicas recentes. Confira!

 

Lidando com crianças e adolescentes durante o distanciamento social

Claro que toda família já criou uma rotina para lidar com a quarentena imposta pela Covid-19. Mesmo assim, vale a pena  conferir as orientações dos profissionais da Sociedade Brasileira de Pediatria para pais e responsáveis amenizarem os efeitos do isolamento. Veja as informações:

Dica # 1
Falar com as crianças sobre as atividades prioritárias de cada dia, as necessidades básicas da casa, a divisão de tarefas e obrigações. É essencial que os adultos organizem seus horários de trabalho, guardando um tempo para ficar com as crianças.

Dica # 2
Definir e comunicar o papel dos pais para fornecer o suporte, evitando discussões que serão negativas para crianças e adolescentes.

Dica # 3
Orientar/reforçar os filhos a respeito dos cuidados que devem ser tomados para evitar o contágio e disseminação da Covid-19, lembrando que esses hábitos devem seguir, mesmo após o fim da pandemia e da necessidade de  distanciamento social. Use linguagem simples e adequada para cada idade e dê liberdade para que os menores expressem seus sentimentos e dúvidas sobre o assunto.

Dica # 4
Planejar a agenda das crianças e adolescentes (com eles), incentivando-os a ter horários para manter as  brincadeiras, estudo, atividade física, sono e tempo de eletrônicos, sempre respeitando os limites da rotina saudável, além dos intervalos para que eles mesmo façam reflexões e brincadeiras que irão ajudá-los nesse momento.

Dica # 5
Cuidar da alimentação, hidratação e atividades físicas dos filhos – essenciais para o bem-estar!

Dica # 6
Estipular horários para uso da tecnologia (jogos online com os amigos, videochamadas e filmes, entre outros), evitando ultrapassar os limites e evitando o acesso sem supervisão a conteúdos inadequados.

Dica # 7
Estimular contato virtual com os avós das crianças e adolescentes para tranquilizar ambas as partes.

Dica # 8
Incluir tarefas domésticas na agenda da molecada, conforme a capacidade e idade de cada um — ensinar esses afazeres de forma prazerosa.

Dica # 9
Esclarecer crianças e adolescentes sobre os momentos de trabalho dos adultos, tentando sincronizar esses momentos com atividades em que as crianças não precisem de tanta supervisão.

Dica # 10
Evitar excesso de informações sobre a crise mundial, para não expor as crianças a conteúdos inadequados – procure ser otimista, mesmo diante das dificuldades.

Dica # 11
Criar momentos para que a família possa estar unida de forma alegre, nem que seja na hora de uma das refeições.

Dica # 12
Ser os modelos de comportamento que esperam dos filhos, evitando excesso de eletrônico, mantendo o lar harmonioso e lidando com a situação atual de pandemia e distanciamento social de modo equilibrado. E, em caso de desencarne de um ente querido, converse com os menores (eles também sofrem com essa situação!).

Dica # 13
Esclarecer para as crianças e adolescentes que o momento não é de férias, mas de situação emergencial transitória e que as atividades cotidianas devem ser cumpridas.

É importante ressaltar a necessidade de cuidados extras com a segurança dos menores, já que desde o início do distanciamento social, foi registrado aumento no número de acidentes domésticos – confira esse guia guia para prevenção aos acidentes domésticos e os primeiro socorros, do Governo Federal.

Não esqueça, o distanciamento social é fundamental para que todos possamos passar da melhor forma possível por essa fase difícil de pandemia do novo coronavírus. Então, cuide-se e cuide dos seus filhos.

Fique em casa e aproveite esse momento de distanciamento social para curtir bons momentos em família. E, para isso, confira a dica de filmes:
5 filmes para assistir com a família durante a quarentena

Deixe uma resposta