O Livro dos Espíritos é luz para a humanidade

O Livro dos Espíritos é luz para a humanidade. Seu lançamento fez surgir a Doutrina Espírita e trouxe explicações racionais a uma série de questões antes sem respostas.

Desde então, suas páginas oferecem conhecimento, consolo e esperança.

Saiba um pouco mais sobre essa obra grandiosa, com os fundamentos do Espiritismo!

18 de abril de 1857: lançamento de O Livro dos Espíritos

Paris, 18 de abril de 1857. O frescor daquela manhã de primavera acolhia a luz proveniente das páginas de uma obra diferente de tudo o que se tinha notícia até então.

Nas vitrines de uma pequena livraria parisiense, os transeuntes paravam intrigados diante de um lançamento com título sugestivo: O Livro dos Espíritos, cujo autor, Allan Kardec, era um total desconhecido.

É bom frisar que o Professor francês, muito reconhecido por seu valoroso trabalho como pedagogo, não achou correto assinar seu nome em um livro que foi fruto de trabalho coletivo entre equipe material (por ele liderada) e espiritual.

Por isso, a partir daquela data, passou a usar o pseudônimo “Allan Kardec” em todas as obras que fundamentaram a base do Espiritismo.

Assim, em 18 de abril de 1857, com o lançamento da primeira obra espírita, nasciam a Doutrina Espírita e o Codificador Allan Kardec.

A obra inaugural do Espiritismo trouxe a fé raciocinada

Não demorou muito para esgotarem a primeira edição de O Livro dos Espíritos, com dois mil exemplares que continham 501 questões e suas respostas inovadoras e interessantes.

Pela primeira vez na história da humanidade, todos tinham acesso a respostas racionais para dúvidas que sempre povoaram a imaginação.

De onde viemos, para onde vamos, explicação para as desigualdades no estilo de vidas das pessoas, as mortes prematuras, as deficiências físicas. Essas e muitas outras dúvidas passaram a ter explicações realmente claras, inteligentes e reconfortantes.

Com o O Livro dos Espíritos a luz da esperança voltou a acender os corações das pessoas que passaram a ter consciência de que, Espíritos imortais que somos, vivemos múltiplas existências com o intuito de evoluirmos e tornarmos, um dia, Espíritos puros.

O ser humano soube que tem nas próprias mãos as rédeas de seu destino, regido pela Lei de Causa e Efeito e baseado na liberdade de escolha que cada pessoa possui. E que depende de suas escolhas ser mais ou menos feliz!

Repercussão de O Livro dos Espíritos

Chegando aos mais variados cantos do planeta,  O Livro dos Espíritos causou grande interesse. Leitores de todos os continentes enviaram cartas ao Codificador para falar das maravilhas que encontraram em suas páginas.

Contudo, a grande repercussão do livro não impediu Kardec de continuar suas pesquisas espíritas.

Assim, em 1860 ele lança a segunda edição de O Livro dos Espíritos, com as 1019 perguntas e respostas definitivas, ampliando ainda mais as questões enfocadas e respondidas pela monumental obra.

Desde então, essa obra monumental continua atual, mostrando porque é a pedra angular da Doutrina Espírita.

Nesse sentido, todos que desejam conhecer os ensinamentos doutrinários devem estudar O Livro dos Espíritos e, ainda, ter seu conteúdo como base para avaliação de todas as demais obras espíritas escritas por outros autores.

Além de O Livro dos Espíritos, as demais obras que compõem a Codificação Espírita, todas elas fruto do trabalho de Kardec, fundamentam o Espiritismo. Claro que devemos estudar todas elas, se quisermos conhecer a Doutrina corretamente.

Aliás, precisamos também enaltecer a Sra. Allan Kardec que, ao lado do marido, deu suporte e colaborou para que a Codificação pudesse ser concretizada.

Além disso, após o desencarne do esposo, em 1869, deu continuidade ao trabalho do Codificador, zelando por todas as obras e batalhando para impedir distorções na base doutrinária.

Nossa eterna gratidão ao casal! Nossos parabéns a essa obra magnífica, que ilumina a todos que a conhecem.

O Espiritismo e o equilíbrio emocional

Como o Espiritismo colabora para nosso equilíbrio emocional

Para comemorar a data de lançamento de O Livro dos Espíritos, convidamos Jeferson Betarello, filósofo e escritor, para uma Live do Gabi.

Enfocando de que modo o Espiritismo colabora para nosso equilíbrio emocional, o expositor destacou que a fé ajuda muito nos momentos de dificuldade, como os vividos com a pandemia.

Isso porque os ensinamentos da Doutrina Espírita permitem entender que toda situação nos traz oportunidades de aprendizado e evolução.

Entre as lições trazidas pela pandemia Betarello destaca: trabalho em home office, valorização das relações em função do isolamento social e da saudade, uso das ferramentas online para questões mais positivas (como trabalho e contato social).

Como ensina O Livro dos Espíritos, somos Espíritos imortais criados para evolução contínua. Situações extremas, com a atual, colaboram para nos tirar da zona de conforto e aprender!

Além disso, a Doutrina Espírita é altamente consoladora e eleva a esperança e dias melhores. Sem contar que explica de modo racional a “morte“, ou melhor, a separação momentânea de entes queridos.

A íntegra dessa live, você encontra em no canal do Gabi no YouTube!

O Livro dos Espíritos: luz para a humanidade

Mais do que conhecimento e respostas às nossas muitas dúvidas existenciais, O Livro dos Espíritos oferece consolo e fortalecimento para os momentos desafiadores.

Estudar essa grande obra oferece condições para mudarmos nosso pensamento e nossas atitudes, criando condições para vivermos e convivemos melhor.

Comece, ou recomece, agora mesmo – no link abaixo, você encontra a versão em PDF:

O LIVRO DOS ESPÍRITOS

Deixe uma resposta